Volta ás Aulas #1: Vírgulas

Espero que gostem, me perdoem qualquer erro ortográfico, fiz de coração para vocês. É o primeiro post do projeto "Volta Ás Aulas" espero que aprendam bastante e melhorem no que já sabem. Comente o que achou da aula: se gostou ou o que devo fazer para melhorar, beijossss 💓💓💓




Vírgula:


Regrinhas de uso da vírgula:


A vírgula pode ser usada para várias coisas mas de longe onde mais a encontramos no nosso dia-dia é na enumeração de coisas, imagina a vida sem essa fofinha!!


Enumeração de elementos:

Uma lista que é assim:
João, Fernando, Maria, Amanda, Bia, Esther…


Seria assim:
João
Fernando
Maria
Amanda
Bia
Esther…


***
Imagina quantas árvores não iriam morrer pra acabar com essa lista. Claro que existem suas restrições pois as vezes precisamos saltar espaços, mas a vírgula facilitou várias e várias listas com papéis pequenos. (kkkk)


Vejamos exemplos em frases:


Fui naquele restaurante que acabei comendo uma entrada, um prato principal, sobremesa e ainda repeti.


Ela foi empregada enumerando elementos/alimentos haha, em uma frase isso mostra que enumeração de palavras em séries não são apenas em listas mas podem estar em frases, orações, textos e até mesmo anúncios.


Não sei se percebeu mas a vírgula continua fazendo seu trabalho mesmo sem que vejamos, em:


“Estar em frases, orações, textos e até mesmo anúncios.”


Ela novamente separando uma sequência de elementos. ^^


***


Para isolar explicações:


Frase:


Eu e João vamos sair juntos.


Frase com isolação:


Eu e João, meu melhor amigo, vamos sair juntos.


Não muda sentido algum, isso se deve ao fato de que a vírgula isolou as explicações, como se a explicação estivesse ali literalmente e apenas para uma definição sem nem um vinculo com a frase.
***
Para isolar o evocativo:


Maria, você está bem?


Você está bem?


Mais uma vez a vírgula está isolando o “opcional” que seria Maria, as frases não apresentam mudança de sentido caso seja retirado o lado isolado.


***


Para minimizar/ocultar um verbo:


Eu fui á praia e não comprei nada, já Margo, tudo.


Eu fui á praia e não comprei nada, já Margo comprou tudo.


A vírgula resumiu a frase, ela deu um ar objetivo que acabou sendo agradável ao leitor. No primeiro exemplo a vírgula ocultou o verbo deixando-o opcional, já no segundo eu mostrei a frase como nós a interpretamos mesmo lendo do primeiro modo.


***


Unir orações ou sequências sem ligações:


A garota acordou foi tomar banho depois de alguns minutos sob o chuveiro escovou os dentes mais tarde na cozinha tomou café e pegou suas chaves enquanto caminhava para fora e saía de casa.


A garota acordou, tomou banho, escovou os dentes, tomou café, pegou as chaves, e saiu de casa.


A vírgula ocupou o lugar de conjunções na frase, deixando-a bem menor do que ficaria caso tivesse os ligamentos, com isso vemos que a vírgula pode substituir até  mesmo palavras.


***


Isolar expressões explicativas:


A Dilma apresentou dados da economia do mercado mundial, entretanto, afirmam que todos os número são maquiados, isto é , foram reformulados pela sua comitiva.
Essa frase não possui fundamento sendo criada de livre e aberta imaginação, por isso, sem mimimi e especulações.


As palavras que dão início a explicações tendem a ficarem isoladas, isto é, sempre que aparecerem expressões que irão dar uma explicação tem que está dentro de vírgulas, sendo assim, isoladas da frase e de uso opcional.


Exemplos de expressões explicativas (não são todos):
Isto é, sendo assim, por exemplo, por assim dizer, a meu ver, além disso, ou seja, a saber, aliás, ou melhor, ou antes, com efeito, por outra, entretanto, no entanto, por isso, logo, (etc.) Site: br.answers.yahoo.com/


É importante o uso da vírgula antes das conjunções/expressões:
Mas, porém, pois, embora, contudo, todavia, portanto, logo.


Preciso de ajuda, as coisas estão se apertando, pois ando muito ocupada e sem tempo.

Antes de locuções como “e sim” “e não”:


Eu estava trabalhando, e não tendo um caso por ai.


Porém essa isolação é feita com apenas uma vírgula.


Usada para separar “Lugar, data.” / “endereço, número”:


Também usada em cartas, anotações, e-mails, mensagens e afins. Usa-se para separar “Lugar, data.” e “endereço, número”.


Páris, 03 de agosto de 1995.


Rua das Orquídeas, n° 86.


Com esse resumo eu realmente espero que entendam, caso contrário, funcionará como uma “colinha”, não está cansativo vocês podem muito bem apertar o CTRL + F e achar a parte que precisa e é só usar.




Nenhum comentário. Seja o primeiro!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.