CF: Um Amor Digno (Ana Carolina)



Hey! Primeiramente, desculpas pela demora (?), eu ia ficar ausente por conta de algumas coisas, mas resolvi ficar ativa mesmo. Você pediu preferência para Alaska, porém, pelo que vi, ela está ausente na categoria e seu pedido veio para mim. Espero que não se ofenda com nada, pelo contrário, que apenas evolua.


APARÊNCIA (Capa, Sinopse e Título)
Nota: 9.5 de 10
Eu simplesmente adorei sua capa, de verdade. As escolhas de fotos, texturas, fontes, styles ficam em perfeita harmonia com o enredo da fanfic. Leithold arrasou, não é? Ela soube escolher muito bem o tema de DS que combinaria, já que nem dark ou algo divertido passariam a impressão necessária da história. E tenho certeza que seu resumo a ajudou à compreender tudo com perfeitação. Então, parabéns à ambas!

Eu não encontrei grandes erros na sua sinopse, pelo contrário, apenas duas observações para fazer.

Bom, o texto está entre aspas, certo? Só que elas não são necessárias já que a narração é em terceira pessoa e não como se fosse alguém citando. Assim, logo elas se tornam dispensáveis.

Outra coisa são as frases finais "Um amor vindo de um garoto doce, romântico e divertido. Um amor vindo de Justin Bieber." O ponto separando as frases poderia ser substituído por um ponto e vírgula, vendo que a segunda frase é o complemento da primeira.

Você pediu para avaliar o título também e esse, com certeza, é o que eu menos tenho críticas a fazer. Para ser bem sincera, nenhuma. Muita gente tem o pé atrás com títulos em português, e eu acho isso um estereótipo bem sem fundamento. NÃO estou dizendo que títulos em outras línguas estão errados, longe de mim. Você fez um bom uso do português no título que com certeza em outros idiomas não passariam o mesmo efeito que o simples e suficiente "Um Amor Digno".

ORTOGRAFIA
Nota: 9.0 de 10
Reconheço que sua escrita é bem aperfeiçoada e dá uma sensação de leveza ao leitor, tornando a leitura prazerosa e não cansativa. Você comete pouquíssimos erros que podem passar despercebidos, como:

"[...] que esboça um sorriso; contente com todo aquele evento [...]" O ponto e a vírgula, nesse caso, é desnecessário! Veja bem, o contente é o complemento do sorriso, então apenas um espaço era o suficiente. 


"Mas, somente eu, meus pais e Josh junto de seus pais sabíamos o real motivo; dinheiro" Aqui, o correto seria o emprego dos dois pontos que pode/deve ser colocado antes de um esclarecimento, como na frase. 


No parágrafo que começa com "o local era meu parque florestal favorito em toda a cidade" você faz uma espécie de 'uso abusivo' de pronomes possessivos, escrevendo várias vezes "minha" "meu" e que poderiam ser facilmente cortados. Não é, exatamente, um erro, mas é uma repetição dispensável.

A partir do capítulo "Para tudo se tem uma primeira vez" eu não sei o que aconteceu, mas você deixou de usar o travessão (que é a forma correta de indicar diálogos) e usou dois hífens, contradizendo o uso do travessão nos capítulos anteriores. Caso esteja com dificuldades para fazer o travessão, utilize o atalho no Windows Alt + 0151.

Outra coisa nos diálogos é que se você finalizar uma fala, mas logo depois pôr um verbo o ponto final só aparecerá depois desse verbo. Por exemplo: — Eu não fiz nada — assegurou

São pequenos erros que podem parecer desinteressantes, mas fazem a diferença dependendo do tipo de pessoa que lerá sua história.

CORPO DA FANFIC (Enredo, capítulos, personagens e narração).
Nota: 10 de 10


Eu não tenho o que criticar no seu plot, sinceramente. Você usou um clichê é o transformou em algo inovador e que atrai o leitor (princialmente por ser algo romântico, na categoria do Justin). Acredito que você está indo no caminho certo no desenvolvimento de sua história e, como disse anteriormente, narra tudo com muita leveza e praticidade não dificultado nada para quem quer que esteja lendo.

A divisão dos capítulos foram bem pensadas e você soube desenvolver muito bem cada cena, colocando apenas os detalhes necessários sem encher linguiça com coisas inúteis. Seus diálogos não fogem de nenhum foco da cena anterior, o que é realmente plausível, pois muitos começam falar de uma coisa e uma linha depois estão em um assunto completamente diferente.

Eu gostei bastante dos personagens, eles tem personalidades distintas e bem próximas a realidade, fazendo a ficção se misturar com a "vida real". O Josh, um homem arrogante e que só pensa em dinheiro, na verdade, é muito mais comum do que as pessoas acham; já o Justin, que é todo romântico e cavalheiro, não existe tanto, mas obviamente ainda se vê. Então eu acho que você soube usar muito bem esses dois pontos a seu favor.

Confesso que não sou muito de curtir a narração em primeira pessoa, mas em UAD ela foi essencial para descobrir um pouco mais sobre os personagens, como a Violet falando de como se imagina se não estivesse casada e como ela "apresenta" o Josh.

A narração do Justin, no entanto, eu não achei realmente necessário nos momentos em que você usou. Quer dizer, trocar fez realmente alguma diferença considerando que continuou na mesma cena? Fez diferença os pensamentos do Justin sobre a Violet se ele já tinha passado a impressão na narração dela? Essas são perguntas que devem ser feitas na hora da mudança de POV's. Outra dica seria você não trocar a narração no meio de um capítulo, e sim um capítulo com narração total, caso o ponto de vista do personagem em questão faça alguma diferença.

GERAL
Nota: 9.0 de 10
No geral, eu realmente gostei da sua fanfic! Você fugiu completamente daquele clichê de gangster nas fanfics do Justin que, crio eu, vem irritando muita gente ultimamente. É uma fanfic extremamente original e "fofa" que dá vontade de guardar em um potinho. Você tem poucos erros gramáticas e não encontrei nenhum de digitação nos sete capítulos. Sinceramente? Eu só tenho a lhe parabenizar pelo ótimo trabalho que está fazendo em Um Amor Digno e espero que faça ainda mais sucesso com ela!

Nenhum comentário. Seja o primeiro!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.