Dicas Para Escritoras: Lolita + Incesto | Bônus: Comédia

Hello! Finalmente, após muito trabalho e muitos xingamentos (eu sei que vocês não me xingaram pouco), outro post de dicas. Esse mês e o próximo eu vou estar MUITO ocupada, por causa do TCC (trabalho de conclusão de curso) que estou preparando. Então... eu vou tentar, mas prevejo que as próximas dicas (minhas) irão demorar. Por outro lado... estou montando um grupo especialmente para dicas com algumas pessoas da staff e caso der certo, teremos mais agilidade nas dicas.

É por isso que neste post eu falarei sobre dois temas:

Lolita:
- Aviso: Eu vou tomar como base os personagens da história, ok? No caso, o personagem masculino será o praticante e a garota "vítima"
 - A primeira coisa a mencionar é que Lolita não é incesto.  

Eu pesquisei MUITO e pelo o que eu li e entendi não é, seja bem:
Conceito: São consideradas incestuosas, geralmente, as relações entre pais e filhos, entre irmãos ou meio-irmãos, entre tios e sobrinhos. Além de parentes por nascimento, podem ser considerados parentes aqueles que se unem ao grupo familiar por adoção ou casamento.

Na história do livro Humbert (o padrasto) não chega se casar com a mãe de Dolores (lolita), já que ela morre antes. Por isso, não pode ser considerado incesto.
 Lembrando que eu posso estar errada. 

-Inicio e Fim:
É recomendável que antes de começar a escrever, o inicio e o fim da história esteja "bolado". É muito mais fácil desenvolver um enredo quando o fim é definitivo. Isso ajuda para que a história não se perca ao longo dos capítulos, fique confusa...

- Pedofilia:
Não importa o contexto da fanfic, caso um dos personagens seja maior de idade se relacione com outro (menor de idade) é sim pedofilia.

Maior idade em alguns países:
Alemanha - 18 anos
Brasil - 18 anos
Canadá - 18 anos
Irlanda - 18 anos
Inglaterra - 18 anos

Coloquei apenas estes pois são os países mais utilizados como referência em fanfics.

Pensando nisso, não exagerem na idade mínima em relação a(o) menor de idade. Se 17 já é considerada(o) menor de idade, não tem necessidade de colocar alguém de 12 a 14 anos, ou menos. 15 é a idade mínima, na minha opinião.

- Personalidade (controle de ações):
Estabeleçam antes de tudo a personalidade dos dois personagens principais
  • Quais são os objetivos?
  • O que ele visa com a relação?
  • Como ele espera que termine (não necessário)
  • O que ele faria para que tudo saísse conforme seus gostos
 São perguntas assim que irão estabelecer a base das atitudes e os pensamentos. Mantenham até o fim. Eu costumo sempre deixar isso em todas as dicas
Se a garotinha for santa, ela permanece santa. Por isso, planejem a compatibilidade deles.


Pelo amor de Deus, NÃO inventem doença. Eu já vi muita gente fazer isso. Querer dar razão aos atos do personagem e inventam um doença (na maioria das vezes mental). PESQUISEM E SE INFORMEM antes de qualquer coisa.

- Família:
A maioria das pessoa esquecem desse pequeno detalhe. Ninguém surge do nada, todos temos uma família, Lembre-se de dar um fim ou de que essa parte tão importante tenha o seu papel na fanfic.

No livro Lolita, Dolores vive com sua mãe. Assim que a mesma descobre a relação da filha com o noiva, ela corta qualquer tipo de contato entre eles. E visando proteger a menina, ela acaba morrendo atropelada.
Percebam que a mãe teve um papel tão importante quanto os outros, ela participou de ações importantes da história e quando o autor achou que devia seguir outro rumo, deu-lhe um fim. 

- Hot (dog):
Deixei esse tópico por ultimo porque é o que eu mais tive dificuldade em elaborar. Acontece que eu não curto muito coisas com crianças e tals (por isso a idade mínima), muito menos cenas de sexo.
Mas para quem escreve, tenha em primeiro lugar a mentalidade. Lembre-se que a depender da idade, a personagem não é/será experiente em sexo. Por isso, tenham um certo cuidado com empolgação. Principalmente se for primeira vez (chato)... Leia, leia, e leia mais sobre o assunto. Tente não usar palavras muito "agressivas" e termos com "me fode" .... esse tipo de coisa. 
O mais velho é quem conduz, por isso é importante demonstrar traços da personalidade dele durante o ato. 





EXTRA:

 Comédia:
Essas dicas eu postei na ask para ajudar alguém, espero ajudar vocês também. Não é muita coisa, mas tem informações importantes. 

- Naturalidade:
Ok, é uma das coisas que eu mais odeio e pessoas que se acham engraçadas. Na minha opinião a pessoa ou nasce engraçada ou paga de idiota o resto da vida. Por isso, aconselho a NÃO procurar piadinha nas internet, por mais besta que seja. Caso esteja sem criatividade, pesquise por trocadilhos. São bastantes diferentes.

- Ambiente:
Muito cuidado com a cena em que o humor estará presente. Não é como se piadinhas rolassem em um velório. ( eu ja li isso.) Nesse caso, eu adoro coisas clichês, como uma tarde filme com os amigos, entende? Acho que deixa a cena mais próxima do real.

- Malícia:
USE E ABUSE. Seja entre casal ou casal de "amigos", eu adoro um bom trocadilho sexual, hahahaha. Mas pelo amor de Deus, nada -me desculpe a palavra.- escroto demais. Caso de ler coisas absurdas que me deixam assustadas e não são engraçadas.

- Humor sim, mas com respeito:
Apenas para ressaltar.


É isso! Mil desculpas mais uma vez pela demora e por talvez não ter escrito tanto o quanto vocês queriam. Espero realmente que as dicas ajudem!

Beijos e não deixem de comentar, por favor. É muito importante.





3 comentários. Comente também!

  1. Não sabia o que era até vir aqui ver seu Post Ray(nha) adoro te chamar assim hdksjska. Mas então, gostei das dicas e quando criar uma fanfic desse gênero, suas dicas serão bem úteis. <3 Bj Bj

    ResponderExcluir
  2. Ei, obrigada pelas dicas! Amei a sua postagem, com certeza aprendi algo. Beijos! <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.