AI: Giuliana Souza


Olá meu amor, como você está? Espero que esteja tudo bem.
Vamos à sua avaliação.
Sobre a sinopse, eu achei ela um pouco confusa em alguns momentos. Eu sabia o que você queria dizer, mas ficou difícil de ter certeza do que você tinha escrito. Então eu vou modificar algumas partes e deixarei aqui em baixo.

Antes: As irmãs Sprooze nunca tiveram uma vida fácil. Perderam os pais quando pequenas, o que as abalou profundamente. E quando Kelsey, a mais velha, descobre que sua irmãzinha pode ser tirada  de si a qualquer momento por causa de uma doença terminal. O sofrimento as espreita até o sopro de vida se aproximar deles, Calum, um jovem apaixonado arrebata o amor de Kelsey e se encanta pela pequena Liza. Mas será que finalmente as irmãs Sprooze podem aproveitar a brisa de verão depois de todo o inverno de suas vidas?

Depois: As irmãs Sprooze nunca tiveram uma vida fácil. Perderam os pais quando pequenas, o que as abalou profundamente. Nisso, Kelsey, a mais velha, descobre que sua irmãzinha pode ser tirada de si a qualquer momento, por causa de uma doença terminal. O sofrimento as circula até que um sopro de vida aproxima-se delas, Calum, um jovem apaixonado que arrebata o amor de Kelsey e encanta-se pela pequena Liza. Mas será que finalmente as irmãs Sprooze poderão aproveitar a brisa de verão depois de todo o inverno de suas vidas?

Então amor, como você pode notar, eu mudei palavras, vírgulas e frases, para que fique de um jeito de melhor compreensão para os leitores. Em si, acho que sua sinopse está muito boa, leva o leitor a saber apenas o que precisa. A pergunta no final é a chave para a curiosidade, que poderá instigar a curiosidade de quem irá ler.
Eu realmente gostei bastante da sua ideia, acho que ela tem tudo para se destacar entre as outras. A criatividade mantém-se presente, e mesmo com alguns momentos clichês, não é algo que esteja sempre disponível para a leitura. Você disse ser inspirado em um livro, mas nem parece, porque é realmente única sua ideia. E eu digo isso porque li A Culpa É das Estrelas e se você investir na escrita, a deixando rica e tranquila para a leitura, eu diria que será uma fanfic até melhor que o livro.
Os fatos estão bem encaixados, e a ordem também. Ah, você citou que pretende mudar o nome da Liza, mas se minha opinião serve de algo, não mude, eu gostei desse nome. Apenas se sentir desconfortável.
Eu preciso dizer que sem nem ler já me apeguei aos personagens.
Kelsey tem um jeito único e encantador, ela não é que nem as outras irmãs clichês e chatas, que vivem brigando com as meninas mais novas. Pelo contrário, ela cuida da irmã como uma mãe. A personalidade dela é muito bonita, não deixe ela perder essa essência durante a fanfic.
Imagino a Liza como alguém que realmente valoriza a Kelsey, e passa a viver de uma maneira diferente assim que descobre estar doente. Talvez ela pudesse ser mais rebelde anteriormente de sua doença, e quando descobre estar com câncer, Liza começa a ver a vida de forma diversificada. Ou ela poderá ser uma menina amorosa que fora consumida pela doença de um modo injusto. Acho que as duas opções seriam legais e interessantes de serem trabalhadas.
Já o Calum, eu também o vejo da mesma maneira que Kelsey. Penso que eles são algo como almas gêmeas, sabe?
Em geral, eu adorei o jeito que você montou cada um deles, principalmente quando a tragédia com a Liza acontece e em vez da Kelsey ficar revoltada com Deus e o mundo, ela vê na gravidez uma chance de recomeço. Essa parte é bem emocionante também.
Dê sempre uma olhada no Google, em sites confiáveis. Pesquise os sintomas que os pacientes com câncer sofrem, os tratamentos, as visitas aos médicos, como a notícia é dada, como a família reage, custos para manter a pessoa viva, preços de remédios, etc. Tente trazer o máximo que puder da realidade para a sua história. Se a medicação da Liza for cara, como que a Kelsey irá arrumar esse dinheiro, já que não pode ficar muito tempo fora de casa? Aí pode ser uma boa hora para o Calum se prontificar a ajudar as duas irmãs. Deixe a Kelsey aceitar a ajuda dele, afinal é a vida de Liza que está em risco e ela deseja prolongar o limite por mais tempo.
Coloque dor e emoção na hora da morte, com certeza seus leitores irão se emocionar se você conseguir passar o que as personagens estavam sentindo no momento. Não hesite no drama. Mortes não são fáceis, principalmente quando são de alguém da família e que você ama. Também faça da superação da Kelsey algo lindo de se ler.
Enfim amor, eu realmente gostei da sua ideia, dê seu melhor que você conseguirá reconhecimento, e o mais importante: Não desista. Você tem potencial, invista nisso.

Dicas extras:

Pesquise. Sempre é bom possuir mais informações sobre o que está escrevendo.

Tenha uma boa escrita. Isso é essencial para manter leitores. Se não se sentir confortável, consiga uma beta, ela sempre irá ajudar.

Não esqueça que hífen (-) e travessão (—) são coisas diferentes com utilidades diferentes.

A repetição de palavras cansa o leitor e ainda mais os críticos que prezam por uma boa leitura. Existem diversos sites de sinônimos que lhe dão palavras diversificadas, mas com um mesmo significado.

Querendo ou não, a capa e a sinopse são os instrumentos mais importantes da sua história. Eles são os primeiros a chamar a atenção do leitor. Peça uma no nosso blog mesmo, temos designers maravilhosas.


É isso anjo, espero que você tenha gostado da avaliação e não se esqueça de dizer o que achou!

Um beijo enorme,

Rorie <3




2 comentários. Comente também!

  1. Posso dizer que me senti lisonjeada com minha AI, você me deu o caminho certo para iniciar minha fanfic. Ela irá se chamar My Little Star, minha amiga falou que até o nome já te deixa na depressão. (Risos) Mas sério, muito obrigada. Vou usar a sinopse que você readaptou, ficou muito boa. Você disse que eu tenho potencial e nossa, você não sabe como isso me motiva. Talvez eu demore para postar alguns capítulos, pois serão grandes, não de 7 mil palavras, mas algo bom e que faça os leitores prenderem a atenção. Irei investir em tudo mesmo que falou, no drama, na morte, no recomeço de Kelsey (ai Deus, estou pensando em como criar um recomeço perfeito), essa fic quero que vire livro (tomei jeito e resolvi fazer algo útil com minhas criações), bem...tomara QE seja melhor que A Culpa É Das Estrelas. Ou então que talvez quem sabe o John goste da minha escrita. Obrigada mesmo pela AI. Beijos ❤️ (irei entrar em contato quando postá-la)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aww meu amor que bom saber de tudo isso. Foi um prazer escrever sua avaliação, e como eu disse antes, você realmente tem potencial! Não se esqueça disso. Detalhes e capítulos grandes são ótimos, só cuidado para não exagerar e tornar a leitura cansativa. Boa sorte com a fanfic e com o livro amor <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.