AI: Lurdes Martins



Olá anjo, como você está? Bem, espero que esteja tudo certo e tranquilo. Mas enfim, vamos à sua avaliação (ela também já foi enviada no seu e-mail). 

Sempre costumo corrigir os erros ou equívocos que acho na sinopse então estará logo abaixo já corrigida.

“Os anos foram cruéis com ele. Não, ele não vai deixá-los ir. Descansa acordado, tentando achar o homem interior para refazer seus erros e escapar desse mundo. Eu nunca estive tão despedaçado em toda a minha vida. Eu devia ter visto isso chegando. Eu nunca me senti tão sem esperança como hoje à noite. Eu não quero mais fazer isso, estou seguindo em frente.”
— Miss Moving On, Asking Alexandria.
Essa música me definia. Eu, Zayn Malik, um cara de poucas palavras, mas de grandes sentimentos. Posso parecer um cara frio, contudo, sou apenas um grande covarde que tem medo da verdade. Um cara que tem medo de viver apenas por uma razão... A existência de uma garota tão fria quanto eu. A garota que eu amo, no entanto ao mesmo tempo odeio. Quero ficar perto dela, mas quero partir. Mas por que esses sentimentos confusos? Bom, fui eu que a fiz ficar fria. Tenho a chance de recomeçar, fazer diferente, tudo isso porque sofremos um acidente. Ela perdeu a memória e só se lembra do começo do nosso namoro. Tenho uma nova chance, concebida pelo destino. E eu irei fazer essa chance valer muito a pena.

Aí está a sinopse. Nem tive muito o que corrigir, apenas troquei vírgulas por pontos e diminui alguns detalhes desnecessários. Tirando isso, ela ficou bem articulada, do jeito que uma sinopse deve ficar. Tem as informações necessárias para levar o leitor a ler a sua história. A única coisa que não ficou muito boa foi o tamanho. Ela realmente ficou grande, e se caso haja um leitor preguiçoso, ele não irá lê-la. Falo isso porque eu mesma já agi dessa maneira. Não importa se a fanfic é maravilhosa, a sinopse é o fator de decisão principal de quem vai ler. O que eu faria no seu caso seria colocar o pedaço dessa música no início do prólogo ou do primeiro capítulo e deixaria a sinopse assim:

Eu, Zayn Malik, um cara de poucas palavras, mas de grandes sentimentos. Posso parecer um cara frio, contudo, sou apenas um grande covarde que tem medo da verdade. Um cara que tem medo de viver apenas por uma razão... A existência de uma garota tão fria quanto eu. A garota que eu amo, no entanto ao mesmo tempo odeio. Quero ficar perto dela, mas quero partir. Mas por que esses sentimentos confusos? Bom, fui eu que a fiz ficar fria. Tenho a chance de recomeçar, fazer diferente, tudo isso porque sofremos um acidente. Ela perdeu a memória e só se lembra do começo do nosso namoro. Tenho uma nova chance, concebida pelo destino. E eu irei fazer essa chance valer muito a pena.

Aí quando você fosse começar a história, deixasse o trecho da música logo no início, com os devidos créditos, pois alguns sites podem considerar plágio. Enfim, acho que assim ficaria perfeito e chamaria a atenção de leitores, mas caso queira deixar do jeito anterior, a escolha é sua.
Bem, como seu resumo foi pequeno, eu imagino que Zayn é um garoto que fez bastante mal para a personagem principal. Eles tiveram um passado meio conturbado, não é mesmo? Mas o que envolverá esse passado? Traições, bullying, a menina feia que se torna linda e é seduzida pelo popular da escola? Ao meu ver, todas as opções são clichês, exceto pela traição. Uma traição seria incrivelmente interessante. De verdade. Muitas autoras já utilizam desse contexto, mas elas simplesmente não sabem escrever. Inclusive aqui no blog mesmo nós temos dicas para escritoras que irão citar traições em suas histórias.


Então amor, depois de ter dado uma lida nas dicas, vamos às ideias que eu tive. Eu pensei que ela, Megan/Britanny, poderia ter feito algo antes que o irritasse. Por exemplo, ela o provocou com outro garoto, até mesmo o traiu e Zayn acaba descobrindo, só que ele não conta para ela e prefere devolver na mesma moeda. Então os dois entram em um conflito e ele leva Megan à loucura. Começa a maltratá-la, ser extremamente frio, até mesmo prendê-la em casa e aparecer bêbado e alterado durante a madrugada (isso se eles morarem juntos, como um casal). Eles não precisam ser velhos para viver juntos, podem estar apenas dividindo um apartamento enquanto vão para a faculdade. Algo do tipo. Então Megan fica muito infeliz ao lado de Zayn e decide ir embora para ficar com seu suposto amor, também conhecido como garoto que ela traía o Zayn. Só que ele fica maluco, nega até a morte, diz que ela nunca o deixará. E aí que tudo começa. Ele pode obrigá-la a ir em algum lugar, talvez até mesmo mudar de cidade, e nisso Zayn bate o carro, deixando a Megan inconsciente e completamente esquecida.
Como ele passou por uma questão de vida ou morte, ele começa a refletir sobre tudo. O que ele teria feito para que ela o traísse? Por que ele não tinha deixado ela ir embora logo? Mas nisso, Zayn vê uma brecha para reconstruir sua vida ao lado da Megan, afinal, ele a amava. Foi uma chance única que surgiu para que ele consertasse seus erros. Então eles vivem uma nova vida, como o casal que eram no início, se amavam, passavam muito tempo juntos, Zayn ajudava Megan a relembrar suas memórias, mas nunca citava a parte trágica que os dois haviam passado. Tudo parecia estar voltando ao normal, mas uma reviravolta acontece. O garoto com quem Megan traía Zayn aparece para visitá-la. O que essa visita vai gerar é de sua escolha. Ele pode contar tudo para Megan e ela pode acreditar ou não.
Talvez ela se recusasse a acreditar, mas ficasse com aquela dúvida na cabeça. O garoto vai embora e Zayn permanece com Megan. Só que uma hora ela começa a fazer perguntas, e Zayn não omite mais a verdade. Ele pode contar tudo. Ele é sincero com a Megan. Diz que ela o traía e que ele apenas não soube reagir quando descobriu que a menina de seus sonhos estava com outro.
Eu acho que ela deveria ficar chateada de início, mas aceitasse depois, afinal, ela o ama agora mais do que nunca. Megan está apaixonada por Zayn e não sente nada pelo garoto que a visitou no hospital. Então ela pede para que eles esqueçam o passado e criem um novo futuro. Zayn conta para ela como eles se amavam, como se conheceram, como foi aquele amor à primeira vista. E a cada dia eles se apaixonam mais.
Eu vi também que no seu resumo você teve a ideia da Megan ir se lembrando e pesquisando. Sim é uma ótima ideia. Reconstruindo as ideias que dei agora há pouco, que tal se ela começasse a se lembrar depois da visita do garoto? Só que Zayn não soubesse que ele tinha ido vê-la, então Megan mantém segredo e passa a pesquisar, mesmo sem acreditar que Zayn era capaz daquilo. Então quando ela descobre ser verdade, ela questiona Zayn e ele conta tudo.
Outra coisa que eu notei é que apenas o Zayn ficará com ela no hospital e em casa até ela se recuperar, não é? Mas o que aconteceu com os pais da Megan? Eles faleceram, ou não ligam para ela? Porque é quase impossível um pai não ir ver e ficar com a filha depois da garota sofrer um acidente. E nisso eles acabariam relembrando ela também de diversas situações, incluindo de onde ela morava. Talvez se eles estiveram mortos, esse pode ser um fato para a aproximação inicial do Zayn e da Megan, por exemplo, ele pode ter perdido os pais também. Se foi em um incêndio, vai que os pais dela e os dele estavam lá ao mesmo tempo e isso que os conectou?
Enfim, minha dica geral é para que esses acontecimentos reproduzam-se lentamente. Se você preferir, pode fazer um prólogo contando sobre o acidente com os pais deles, ou o jeito que eles se conheceram. Ou então pode deixar isso para o final, ou até mesmo na metade. Só vá com calma. Deixe os leitores desejando ler e saber o que virá a seguir. Os capítulos sempre precisam ter um gostinho de “quero mais”. Mas cuidado para não confundí-los.
Em termos abrangentes, sua história se sairá muito bem, e espero que as minhas ideias tenham lhe ajudado. Tentei pensar em tudo que consegui e torço para que você goste delas.
Qualquer coisa pode falar comigo e boa sorte na sua fanfic, amor!

Dicas extras:

Pesquise. Sempre é bom possuir mais informações sobre o que está escrevendo.

Tenha uma boa escrita. Isso é essencial para manter leitores. Se não se sentir confortável, consiga uma beta, ela sempre irá ajudar.

Não esqueça que hífen (-) e travessão (—) são coisas diferentes com utilidades diferentes.

A repetição de palavras cansa o leitor e ainda mais os críticos que prezam por uma boa leitura. Existem diversos sites de sinônimos que lhe dão palavras diversificadas, mas com um mesmo significado.


Querendo ou não, a capa e a sinopse são os instrumentos mais importantes da sua história. Eles são os primeiros a chamar a atenção do leitor. Peça uma no nosso blog mesmo, temos designers maravilhosas.


XOXO,
Rorie



2 comentários. Comente também!

  1. Amei suas ideias , vou tentar arruma-las de um jeito próprio , já estava pensando em fazer m prólogo mesmo. Enfim , obrigada gata. >< :*

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.