DS: A Seleção(Lady Of Secrets)

(Clique para ampliar)

Eu gostei dessa capa,mesmo tendo ficado bem simples,espero que você goste ;) Se não tiver gostado me avise que eu faço outra.

Continue lendo ►

DS: Marotos VS Marotas(Mafiosa Malfoy)

(Em HQ aqui : http://static.tumblr.com/wyurnli/7v9n0afkn/marotos_vs_marotas.jpg)

Eu adorei essa capa!Sério!Bem,você tinha falado no form que queria apenas aqueles artistas,eu visitei a sua fanfic e vi o resto dos personagens na capa e fiz com todos eles.Se quiser uma que é pra ser feita apenas com aqueles do form,me avise nos comentarios.

Continue lendo ►

BT: Ela É Demais - Rose Weasley - A Leoa. Capítulo 2 (Mafiosa Malfoy)


Heeeeey, baby! Aqui está o seu pedido. Espero que goste, caso o contrário, é só refazer o pedido.
Não se esqueça de comentar ^^
Kisses <3 

~*~*~*~



   Rose levantou as 5:30 da manhã, algo não a deixou dormir. A imagem do selinho de Scorpius e Roxanne ficava em sua mente, e saber que daqui a pouco iria ter que enfrentar a realidade dos seres desprezíveis chamados adolescentes e hormônios, não lhe ajudava nem um pouco. Claro que tinha suas exceções, mas Rose tinha uma escolha. Ou ela se adequava ao mundo dos alunos adolescentes de Hogwarts, ou o mundo dos adolescentes populares a esmagaria, não teria sucesso em nada que fizesse e assim seria invisível. Como eu disse, ela tinha uma escolha, e a escolheu.

— Lily e Roxy levantem! – Rose pegava travesseiros e jogava nas meninas que sussurravam coisas inaudíveis para um simples ser bruxo entender. Depois de muita discussão, todas estavam de pé e em frente a penteadeira da ruiva.  Quero que me ajudem a ficar mais bonita. – Rose falou e Lily dava pulinhos e gritinhos de felicidade, enquanto pegava as varinhas dela e de Roxy em cima do criado-mudo ao lado de sua cama.

  Lily e Roxanne começaram a arrumar as coisas de maquiagem em cima da penteadeira e pegaram o uniforme de Rose.
— Primeiro o cabelo! – Lily pegou dentro do armário uma poção e entregou para Rose que a olhou desconfiada.  Toma, vai abaixar o frizz e deixa o cabelo menos ondulado, dura três meses. – Rose pegou a poção e tomou, tinha gosto de shampoo.
— Ei, o que estão fazendo com meu uniforme?! – Rose levantou depressa da cadeira da penteadeira e literalmente puxou o uniforme das mãos de Roxy, que apontava a varinha para o mesmo.
— Encurtando Rose! Todas as meninas já encurtaram pelo menos 10 centímetros e a sua saia é pra baixo do joelho. Parece uma freira! – Lily falava sem parar, fazendo jus a seu nome de ‘’faladeira’’.
— Eu gosto de freiras! – Rose falou e Roxy a olhou espantada enquanto Lily checava se a mesma não estava com febre.
— Ora, mas se você gosta de freiras deveria estar em um convento, e não em uma escola de magia e bruxaria! – Roxy fez a observação demasiada perfeita e Rose revirou os olhos.

  Lily terminou o cabelo de Rose, o deixando liso em cima e ondulado nas pontas. Roxy fez a maquiagem da ruiva, delineador preto, lápis de olho e um batom vermelho que desenhava sua boca em perfeito formato de coração. Lily dado o uniforme restaurado a Rose que se trocou. A saia xadrez vermelha Grifinória tinha sido encurtada vários centímetros, a deixando um pouco abaixo do meio da coxa da ruiva. A bata branca do uniforme estava por dentro da blusa e como Rose não se dava bem com gravatas, Roxy deixou a gravata da ruiva jogada em volta do pescoço, dando um ar sexy a Rose.
— Woow! – Lily, Roxy e a própria Rose exclamavam ao ver o resultado tão esperado no espelho da penteadeira. Rose colocou as sapatilhas pretas que deixava sempre guardada no fundo do malão, pois não usava, e seguiram para o Salão Principal.

  Conforme Rose andava em direção à mesa da Grifinória, os olhares da população masculina de Hogwarts a seguiam.

  Sentou-se entre James e Hugo. Olhou para o irmão e revirou os olhos. Hugo comia feito um búfalo púrpuro do país das ervas de Atreiú, algo que Rose tinha lido em um livro chamado ‘’A História Sem Fim’’, mas se a história não tinha fim, o livro tinha, assim como sua paz e coordenação motora, já que ao olhar de soslaio para a mesa da Sonserina viu que Scorpius Malfoy a observava, e ao ver isso uma pequena gota do recheio de seu Croissant de chocolate lhe caiu na bochecha.
— Tem alguma coisa aqui Rose. – James Potter a olhava com aquelas orbes negras e cabelos da mesma cor. Rose colocou a mão na bochecha, perto da onde estava a gota do recheio de chocolate.  Não, aqui olha! – James sorriu com o canto da boca e limpou a bochecha de Rose que corou.

  Scorpius Malfoy observava uma garota de cabelos flamejantes saindo do Salão Principal logo após tomar o café, ou mesmo ficar de gracinhas com o Potter na opinião de Scorpius.
— Vai lá campeão! – Anthony disse sorrindo de lado e Scorpius soltou um muxoxo.
— Não quero me meter, mas se for dar em cima da Rose melhor proteger suas partes frágeis... – Alvo falou rindo e fingindo uma cara de dor enquanto seus olhos azuis cristalinos brilhavam se lembrando de quando fez isso. Ou melhor, tentou fazer... Pois Rose Weasley era a garota mais difícil de toda Hogwarts desde o 1° ano.

  Scorpius se levantou e seguiu os passos da ruiva, que segurava um livro em suas mãos, andava e lia ao mesmo tempo.

  Rose Weasley estava encostada em um dos corredores desertos de Hogwarts segurando um de seus livros favoritos que tinha ganhado de sua mãe, Hogwarts uma história. Ao virar o corredor trombou com Scorpius Malfoy.
— Ai Weasley, não olha por onde anda, não? – Scorpius falava se fazendo desentendido.
— Eu não sei como consegue Malfoy! Você é metade do tempo irritante... – Rose falava e soltava um risinho sínico pra Scorpius que a olhava interessado.
— E a outra metade do tempo Rose? – Scorpius olhava divertido os olhos de Rose o fitarem nervosos e seu rosto parecer mais vermelho que o cabelo.
— Weasley, entendeu Malfoy! Não quero que pronuncie meu nome, vira uma ofensa saindo de sua boca de doninha! E simples, a outra metade do tempo você está dormindo. – Rose falou voltando a ter suas feições frias novamente.
— Ok, então digamos que eu te chame de Weasley... – Scorpius ria em puro divertimento, enquanto colocava seu plano em ação. – Você sairia comigo Weasley? – O loiro encurralou Rose na parede e a ruiva revirou os olhos.
— Quer mesmo saber a resposta? – Rose passou as mãos pelo pescoço de Scorpius que a fitou desconcertado e fez que sim com a cabeça. – É NÃO! E tire esse pescoço imundo das minhas mãos! – Rose gritava e Scorpius ria pelo nariz, onde estava com a cabeça quando pensou que a ruiva cederia. Pelo menos bonita ela já estava só faltava torna-la rainha do baile, mas ela sendo sua arqui-inimiga não teria jeito.
— Ah, qual é Rose? – A ruiva lançou lhe um olhar mortífero. — Ok, Weasley. Qual seu problema comigo? – Scorpius a encarou como se a mesma fosse E.T.
— Simples Malfoy, você acha que não conheço garotos como você não é? Se aproveitam das garotas bobas e fáceis e depois dão um pé na bunda delas e um ‘’Até Mais’’, e partem pra outra! – Rose apontava o dedo para o peito de Scorpius e seus olhos por alguma razão desconhecida, se enchiam de lágrimas. – Mas saiba Malfoy, que eu não sou boba e muito menos fácil! – Rose olhou do livro para Scorpius e de Scorpius para o livro, e fez o inesperado, deu uma ‘’livrada’’ na cabeça do loiro e uma joelhada nas partes intimas do mesmo.
— Qual seu problema em garota? – Scorpius gemia de dor e Rose o olhava como se tivesse se arrependido, afinal, qualquer um sabia que violência gerava detenção. – Parece que nunca recebeu uma cantada! – Scorpius tinha parado de gemer e olhava pra Rose. A pequena ruiva teve uma reação inesperada, começou a chorar.

  Rose corria em direção à torre da Grifinória, seus olhos inundados lhe tampavam a visão, muitas vezes fazendo com que ela esbarrasse em alguém. Um loiro corria atrás do vulto da garota com os cabelos flamejantes a sua frente, a mesma parou de frente para a torre da Grifinória e disse a senha para a Mulher Gorda. Por sorte, Scorpius ouviu a senha, que era demasiada estranha.
— Doce de Batata Doce. – Scorpius disse e a Mulher Gorda após olha-lo com desconfiança deixou-o entrar. Mas era tarde demais, pois a ruiva já tinha subido para o dormitório, e no dormitório feminino, só as garotas entravam.

  Alguém bateu na porta e Rose abriu. Já tinha perdido as aulas do primeiro horário, e pela primeira vez na vida, pensou Foda-se as aulas.
— Ah James, o que faz no dormitório feminino? – Rose perguntava, tentando inutilmente secar as lágrimas de seu rosto.
— Capa da invisibilidade lembra? Eu te vi lá embaixo no Salão Comunal, por que tá chorando ruivinha? – James a olhava com ternura e com pesar, também tinha visto Scorpius lá embaixo, e decidiu que se fosse para Rose ser feliz com um Malfoy, ele não interferiria. Mesmo que a amasse do fundo de sua alma, e que todos aqueles anos estivesse tentando conquistar um espaço no coração de sua ruiva, ele a deixaria ir, pois quem ama só quer o bem.  Não fica assim não, independente de tudo eu sempre vou estar aqui ok? – James falava amavelmente e Rose o abraçava, afundando a cabeça no peito de James e desatando a chorar. James hesitou, mas continuou a falar.  O Malfoy tá te esperando lá embaixo, e disse que se você não descer ele vai se vestir de travesti pra entrar aqui! – James se despediu com um beijo no rosto da ruiva.

  Rose secou as lágrimas e limpou a maquiagem que estava borrada pelas lágrimas. Desceu para o Salão Comunal, e observou Scorpius que olhava tudo a sua volta com nojo. A ruiva revirou os olhos.
— Ei, por que você saiu correndo? – Scorpius colocava as mãos no bolso da calça social preta e jogava os cabelos loiros de uma forma sexy, para poder tira-los de seus olhos azuis acinzentados.
— Porquê eu já disse que não vou sair com você. – Rose falou simplesmente, cruzando os braços logo em seguida.
— Vai sim. – Scorpius afirmava enquanto a olhava dando um sorriso com o canto dos lábios.
— Não vou, não! – Rose batia o pé e Scorpius dava um novo sorriso, só que esse era maquiavélico.
— Vai sim! Ou você quer que eu conte a McGonaggal sobre seu ataque, suas faltas nas aulas e seu comportamento violento Weasley? – Scorpius falava enquanto tirava uma mão do bolso e cruzava os braços em um ato deliberado de puro orgulho.
— Você não ouse manchar meu currículo escolar impecável, com suas sujeiras Malfoy! – Rose falava entredentes e subia as escadas do dormitório. – Me pegue amanhã as sete, e não se atrase! – Rose disse enquanto olhava o loiro do alto da escada com os olhos semicerrados.

  Scorpius esperou Rose entrar no dormitório, deu um pulo e gritou um YES silencioso. Desde que Dominique tinha terminado com ele para sair com Lysander Scamander, um bruxo que fazia sucesso com seriados idiotas para a televisão trouxa, o loiro tinha começado a aceitar os desafios de Anthony Zabini.

  Mas algo lhe dizia que com Rose Weasley seria diferente, talvez por ela ser uma baixinha irritante, ou por ela ser pequena e indefesa e ao mesmo tempo ter a superproteção de todos e rugir como uma leoa. Rose Weasley era um enigma para Scorpius Malfoy, e ele iria desvenda-lo. Pelo menos agora a ruiva já se vestia bem, isso contava pontos na aposta, mas no fundo de seu intimo, Scorpius desejaria nunca ter brincado com Rose Jane Weasley, ou eu devo dizer leoa?



~*~*~*~






Continue lendo ►

DS: Letters (br4buletinha)

(clique para ampliar)

Hey amor,tá ai seu pedido de ds,espero que tenha gostado,eu sinceramente amei fazer ele,espero que você também,caso não tenha é só refazer o pedido ok?Bjo 


Continue lendo ►

CF: Convivendo Com A Tentação (Mrs Gillan)

Convivendo Com A Tentação


TÉ QUE FIM o/ Demorou mas chegou, espero que me perdoe, estive bastante ocupada, hehe'.

Classificação: +18
Categorias:
 Jogos Vorazes
Personagens: Cato, Clove, Finnick Odair, Glimmer, Katniss Everdeen, Peeta Mellark
Gêneros:   Amizade, Comédia, Hentai, Romance
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Sexo

Capítulos:
  9 (23.138 palavras) | Terminada: Não 
Publicada:  01/01/2014 às 21:46 | Atualizada: 28/01/2014 às 20:46

Aparência (Capa e Sinopse): 2 pontos

A capa eu achei linda, sério mesmo! Apesar de que, na história, o Peeta é mais velho do que na capa, mas não vou criticar isso. Achei-a muito fofa.

Quanto à sinopse: Não tenho o que falar, ficou realmente boa. As pontuações, o tamanho, e o conteúdo estão bons, não fala de mais, e não contém informações de menos.

Pontos obtidos: 2,0


Ortografia: 4 pontos

Quando escrevemos uma história, o foco principal é a escrita, e como cada ação e diálogos serão relatados. A história inteira foi narrada pelo Peeta, deixando assim, um certo suspense quanto aos sentimentos dos outros, principalmente da Katniss, que é uma ótima representante da bipolaridade!

Apesar de poucos os lugares, você os descreveu bem! Estou certa de que, realmente foi tudo rápido, mas isso não mudou a qualidade da história.

Você escreve muito bem, e o único que tenho de reclamar foi do spoiler que você deixou nas notas finais do capítulo 8! Quase morri de ansiedade o lendo!

Pontos obtidos: 4,0


Enredo: 3 pontos

Li todos os capítulos, mas não foi por falta de opção! O enredo é ótimo! Apesar de - como eu disse antes -, as coisas acontecerem rápido, a história me prendeu de modo que eu não queria parar de ler. Fiquei triste por saber que já está acabando, mas percebo sua dedicação em ver os detalhes, e cada coisa escrita!

Pontos obtidos: 3,0


Crítica Geral: 1 ponto

Como comentado na capa e sinopse: Estão ótimas. Elas passaram a mensagem correta que tinha de passar e fim.

A sua ortografia é boa, você é dedicada e fez as coisas corretamente! E sobre o enredo: já falei o que tinha de falar, está realmente bom, e, se continuar assim, buscando melhorar até o que já é melhorado, você vai longe. Mais do que já foi!

Pontos obtidos: 1,0


Nota final: 10,0

Você foi a primeira pessoa que ganhou um 10 comigo. Tentei não ser boazinha, mas foi impossível, haha'. Parabéns. Espero que tenha gostado da Crítica! :D Beijinhos :*

Continue lendo ►

S: Um Anjo Em Minha Vida! (maduramalho!)


Heeey, sweet heart! Aqui está a sua sinopse, espero que goste, caso o contrário, é só refazer o pedido! Não se esqueça de comentar *U*
Kisses <3 

~*~*~*~


  Desde pequena Maria sofre com as enrascadas do destino. Aos seus três anos, seus pais se separaram, e Katheryn, sua mãe, á procura de uma vida melhor, decide se mudar para Los Angeles, mas um acidente de carro causado por seu nervosismo acaba por deixá-la com a decisão de se salvar ou salvar Maria. Disposta á dar a vida por sua filha, Katheryn pediu aos anjos para que salvassem á sua filha, e protegessem-na de todo o mal, e antes de morrer, Katheryn viu um anjo de pele clara e olhos verdes chamado Austin, que jurou nunca sair do lado de Maria. 
  Anos se passaram e Maria, que desde o acidente mora com a antiga melhor amiga de sua mãe e mãe de Austin, Michele, nunca havia visto o seu anjo protetor na vida, mas podia sentir a sua presença, até que Austin acidentalmente se apaixona por Maria, e começa a aparecer fisicamente para ela, afastando seus pretendentes e assustando-a. Mas Maria acaba por se apaixonar por aquele anjo sedutor e irresistível, o que faz com que os dois se envolvam romanticamente, causando um tumulto no céu, obrigando o arcanjo Miguel interferir no relacionamento e mandar Austin se afastar dela, sendo atendido e Maria acaba por ficar arrasada. Mas após um mês, Austin acaba por descobrir que algo ruim irá atrapalhar a vida de Maria e cabe a ele salva-la. 


~*~*~*~







Continue lendo ►

CF: The Criminal - Second Season (Giovanna Comim)

Heeeey, baby! Aqui está a sua crítica, espero que goste! 
Caso não goste, é só refazer o pedido, e não se esqueça de comentar!
Kisses <3

~*~*~*~

Fanfic / Fanfiction de Justin Bieber - The Criminal - Second Season
(Clique na capa para ir até a fanfic)


Classificação: +18
Categorias: Justin Bieber
Personagens: Justin Bieber
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência.
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Insinuação de Sexo, Violência.

Aparência (Capa & Sinopse) 

  Sua capa é simples demais, apesar de as imagens estarem bem recortadas, e alinhadas. O nome da fanfic na capa está errado, afinal, o nome é Criminal, e ali está escrito Crminal. Sugiro que encomende outra capa, e aqui no Wonderful temos designers maravilhosas. 
  A sua sinopse é... incompreendível. Eu não consegui captar nenhuma mensagem através dela, não tem como saber do quê se trata a fanfic, e isso é ruim, porque ela não chama a mínima atenção. Sugiro que faça uma nova, ou encomende uma.

1/3


Ortografia: 

  Você tem uma escrita muito boa, apesar de cometer uns errinhos básicos, como trocar uma letra da palavra, ou o tão comum erro de ''esta'' e ''está'', da qual você troca. 

''- O que? - Eu disse, dessa vez triste.''

  O ''que'' desta frase esta errado, se você está questionando, tem que usar o ''quê'', fazendo assim, esta frase ficar melhor assim:

'' - O quê? - Eu disse, desta vez tristemente.'' 

  Vejo que você tem um problema com as vírgulas também, você esquece de usá-las a maioria das vezes, como neste parágrafo:

  ''Depois de um café da manhã animado. Com os meninos fazendo graça. E Julietta assustada com eles. Resolvemos ir para a piscina relaxar. Estávamos felizes. E eu não conseguia deixar de me perguntar: essa alegria toda, iria durar?''

  Viu a falta de vírgulas e a quantidade de pontos finais? Esta frase teria que ficar assim:

  ''Depois de um café da manhã animado com os meninos fazendo graça e a Julietta assustada com eles, resolvemos ir para a piscina relaxar. Estávamos felizes, e eu não conseguia deixar de me perguntar: Será que esta alegria toda irá durar?''

  Viu como o capítulo ficou mais organizado do que antes? Entonces, esses são os errinhos que você mais comete, sweet heart, sugiro que arrume-os ou peça á uma beta. 

2/3


Enredo:

  Não se dá muito a entender o que você quer com esta fanfic, ou se é somente uma fanfic PWP, que nada mais nada menos é: Plot, What Plot? - Enredo? Que Enredo? 
  O que eu entendi foi que ele é um criminoso e ela é namorada dele. E, que ele pelo jeito traiu ela nesse meio tempo em que estava fora. Bem, eu só li três capítulos, e foi isso que eu entendi deles. Eu vi que você leva bastante na brincadeira, e no sexo (Não que eu tenha algo contra, é claro que não, adoro um bom hentai, até porque escrevo bastante deles u.u). 
  Espero que se dê bem com a fanfic, e que ela faça bastante sucesso =D

2/4



Nota Final: 5,0 - 10,0 






Continue lendo ►

Assinatura: Lissa

Hey Sweetie.
CHLOE <4 Meu bebê *------*
Eu surtei com esse pedido, e obrigado pela preferencia. Eu achei que ficaram bem simples, mas atualmente, meus banners estão saindo bem simples. E eu gostei do resultado. Espero que goste também. Qualquer coisa, refaça seu pedido e não esqueça de comentar.






Continue lendo ►

Assinatura : Salvatore Gomez Bieber

Hey 22kos essa que eu fiz foi até rapida e eu adorei o resultado.Espero que goste da assinatura.

(Clique na imagem para ver em tamanho original)

Continue lendo ►

Assinatura: Jaii

Hey Sweetie.
Seu pedido já estava pronto faz alguns dias, porém minha internet resolveu dar outra voltinha por ai e só voltar hoje. Enfim, você não deu preferencia de nada, nem mandou os gifs. Então, eu escolhi alguns e fiz as assinaturas com estilos diferentes e variados na esperança que algum lhe agrade. Não consegui achar muitos gifs com qualidade suficiente dela mandando beijo, mas achei alguns e fiz com eles. Também peguei outros. Espero que goste, qualquer coisa, refaça seu pedido. E não esqueça de comentar.













Continue lendo ►

CSS - Desejo Assasino Preto e Branco (JusmyForevers)

Oi JusmyForevers, tudo bem?
Espero que goste do style.
Qualquer coisa me avise.

Continue lendo ►

DS: Bleeding Love (Lady)




Oi Lady tudo bem?, então sei que os designers ficaram um lixo mas é que estou baixando o Photoshop pois está dando bug no meu pc, então tive que fazer no Pixlr, bom se não gostar comente que refaço, e se gostar também rs, então é isso até, beijos da Lissa



Continue lendo ►

Assinatura : Effy

Oi Effy,espero que goste das Assinaturas,fiz o mais fofo possível.Tive que procurar outro gif dela tirando o chapel,pois,aquele estava muito pequeno e além disso adicionei uma assinatura a mais que ficou a mais fofa das três que eu fiz.Bem,espero que goste.


(Clique na imagem para vê-la em tamanho original)




Kisses,22kos
    
Continue lendo ►

DS: Faulty Angel (mushr00m)


Oi tudo bem? sou a nova designer dessa categoria me chamo Lissa e fiquei honrada de fazer seu designer pois sou Belieber \õ, bom sei que tinha a preferencia da Ceci mas ela está ausente, e o pedido foi passado para mim espero que não se importe, então eu gostei do resultado, mas se não gostar posso refaze-ló sem problemas, comente o que achou é importante para mim, beijos Sweet <3




Continue lendo ►

DS: A Seleção (Lady Of Secrets e Ally)

Olá! ^^

Primeiramente quero pedir desculpas pela demora, mas o meu Photoshop ultimamente vem dado bastante trabalho, por tanto, não consegui mexer nele esses dias. Enfim, aqui está, eu não entendi quando tu disse na descrição que queria algo a ver com "a seleção". O resultado foi esse.

(Clique para ampliar)



Espero que goste, qualquer coisa é só refazer o pedido, xx.


Continue lendo ►

CF: Out Of Time (TomseyTomax)


Heeeey, baby! Aqui está a sua crítica!
Espero que goste, caso o contrário, é só refazer o pedido =D
Kisses <3 


~*~*~*~


Fanfic / Fanfiction de The Saturdays - Out of Time

(Clique na capa para ir até a fanfic)


Classificação: +18
Categorias: The Saturdays, The Wanted
Personages: Anne Walker, Antonella Bermanelly, Catherine Mazonni, Elizabeth Mazonni, Jay Mcguinnes, Josh Albuquerque, Lizze Mazonni, Max George, Mellisa Portinnai, Nathan Skykes, Siva Kaneswaren, Tom Parker.
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência.
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Insinuação de sexo.

Capítulos: 21 (30978 palavras) | Terminada: Não 
Publicada: 24/08/2013 19:45    | Atualizada: Há 6 dias às 20:54


Aparência (Capa & Sinopse):

   Eu adorei a sua capa, sério. Ela está ótima. As imagens se encaixaram perfeitamente bem, a colorização foi muito bem escolhida, a fonte está ótima, combinou com a capa, assim como o style que foi usado nela. A única coisa que eu achei um pouco estranho foram os braços dele, que não foram muito bem cortados, e ficou realmente estranho. Mas, você não precisa mesmo trocar de capa, esta está ótima. A sinopse está perfeita. É bem explicativa, deixando somente o que é importante, e é chamativa. Se eu estivesse procurando uma fanfic para ler, e achasse a sua, se eu lesse a sinopse, começaria a ler a fic na hora. 

2/3

Ortografia: 

  Você tem problemas com vírgulas. Elas são colocadas com exagero, e sempre depois que se coloca uma vírgula, deve haver um espaço, e aí sim, você continua o texto. Vejo também que você possui a mania de trocar o ''mas'' pelo ''mais'', você coloca o ''mas'', que é usada, principalmente, com sentido de porém, todavia, contudo, quando você deveria colocar a palavra ''mais'', que indica, principalmente, o aumento da quantidade, sendo antônimo de menos. Você coloca várias palavrinhas á mais no texto também, por exemplo:

''... apenas fiquei no canto do elevador o observando ele...''

  Viu? Você colocou o ''O'' á mais ali. Como você colocou o ''ele'', o ''O'' foi desnecessário. Outra coisinha, cumprimentaram é junto, com ''u'' e ''i''. Bem, você tem vários outros errinhos nos seus capítulos e sugiro que peça uma beta, para ela corrigir os seus capítulos antes que você os poste. Ah, e outra coisinha, sugiro que retire os links que você coloca nas notas finais, pois no Anime Spirit não é permitido.

1/3


Enredo: 

  O enredo é bem clichê. É sobre uma garota que faz uma entrevista de emprego e se apaixona pelo chefe, que por ironia do destino é famoso. Mais clichê, impossível. Eu gostei do seu enredo, é interessante. Contudo, sugiro que você tome cuidado para não criar uma ''Mary Sue'', que nada mais nada menos é uma personagem perfeita. Além de deixar a fanfic muito adocicada, vai pegar mal, afinal, muitos leitores não curtem esse tipo.

4/4

Nota Final: 7,0 - 10,0








Continue lendo ►

BC: A Caçada - Guerra dos Clãns (Capítulo Cinco - O Poder Desconhecido) [Rachel Black Lestrange]


Heeeeeey, baby! Aqui está o seu pedido *U*
Espero que goste, caso o contrário, é só refazer o pedido =D
Kisses <3


~*~*~*~



  Calleb tentou ir a mais festas de sociedade aonde aquelas cobras peçonhentas iam, contudo não havia nada de novo nem ninguém novo. O Luto pela mais fina dama, ou vadia como ele gostava de chamar, que havia falecido tragicamente com uma parada cardíaca que estourara todas suas veias. 
  Ao ver o modo como havia matado a mulher ele se horrorizou, ele sabia que o estouramento de todas as veias do corpo não era uma habilidade comum entre eles. Ainda mais quando parecia haver uma parada cardíaca envolvida, o pior era que aquele foi o modo que a mãe dele havia morrido. Isso antes de ser queimada, ela tinha quase todas as veias sanguíneas do corpo estouradas. Nenhum perito entendeu assim como também não entenderam a morte de Katherine.
  Passaram-se dois meses comuns. Calleb nunca encontrava nada sobre a filha dela. Nem no enterro da mãe ela fora. Ele havia voltado a escola havia um bom tempo, eles haviam tido um recesso.
- Ei, Calleb! – Uma garota se jogou em cima dele o abraçando e o beijando ternamente. Alanis era namorada dele havia dois meses. – Como foi o fim de semana?
- Foi ótimo, Nys. – Aquele era um pequeno apelido que Calleb dera a menina. Alanis era muito bonita, pequenina e delicada. Tinha cabelos chocolates com mechas loiras e olhos mel. Parecia um pequeno anjo muito hiperativo. E muito popular.
- Vamos, Vamos. Sentados, Alunos, Sentados. – O professor de história havia entrado na sala de aula, era o vice diretor também. Os alunos de pé se sentaram resmungando e prestaram atenção no professor. Tudo isto a muito contra gosto é claro. Nenhum deles gostava do professor. 
  Calleb obviamente não deveria estar estudando com a idade que possuía, entretanto entrara atrasado na escola. O fato de Jordan estar sentado a algumas cadeiras de distância dele era a prova de que todos eram daquela maneira no clã deles, pelo menos os homens. Eles estavam no segundo ano do ensino médio. Elena estava na mesma série que eles, contudo estava em outra classe.
  - Bem, hoje teremos uma nova aluna! – O vice- diretor Matias disse em alto e bom som. – Ela foi transferida para nossa escola e é nova na cidade. Espero que a recebam bem, estudava em um colégio interno no México antes e acho que o resto ela mesma pode contar. Entre, minha cara, não se acanhe!
  Ele olhou para a porta, sendo seguido por Calleb e todos os outros alunos. Calleb ouviu a voz dela antes de vê-la e isso enviou uma corrente elétrica por todo o corpo dele. Era a voz de um anjo. A voz suave e aveludada entrou pelos ouvidos dele de modo breve, causada pela frase curta, causando uma ânsia. Ele queria ouvir mais.
- Não estou acanhada, professor. – Disse a garota entrando na sala. Os queixos de muitos alunos caíram com a visão da garota. A voz dela era suave e quase sussurrada tinha uma entonação forte e sem sotaque algum. Isso indicava que ela falava baixo por opção. A voz era sensual, apesar de angelical. Parecia mais que cantava do que falava.
  ''Talvez um anjo caído.'' Calleb pensou ironicamente ao ver a aparência da menina. Ela possuía longos e pesados cabelos lisos e negros que batiam no quadril dela, em camadas que davam um movimento encantador. 
  A pele era branca como a mais alva e pura neve, os lábios eram quase carmins e não parecia haver batom algum ali, seus olhos eram a coisa mais incrível que ele já havia visto. Era azul, de um tom um pouco mais claro do que ele vira em Katherina, contudo ainda mais encantador. Era ainda mais incrível. E estavam contornados com um lápis de olho preto forte, com uma sombra acinzentada. 
  Ela usava uma calça escura, que parecia mais preta, muito justa marcando as pernas grossas e firmes, assim como a bunda empinada e grande. Sua cintura era fina e muito marcada. Seios fartos que chamavam atenção como tudo nela. Usava uma blusa Vermelha tomara que caia com uma blusa de tela rendada transparente por cima, que ia até os pulsos dela, onde tinham uma pequena área de ceda negra.
  Usava botas de cano muito alto, batendo quase até seus joelhos em tom negro, com salto fino que a fazia parecer até um pouco alta. Era a garota mais linda que qualquer um daqueles rapazes já havia visto. Era uma beleza aristocrática rara por ali, na cidade deles a maioria das garotas eram muito brancas e tentavam ficar bronzeadas, assumindo uma coloração rósea. Alanis costumava fazer aquilo muito, mas adotara sua pele rósea natural depois de um tempo.
- Nossa... – Calleb sussurrou sem se conter, aquela garota era... um espetáculo.
- Bem, está é Cassandra Pallas Santinni. – Disse o Vice diretor com um sorriso pretensioso frente aos olhares dos rapazes. Quem não notaria? A própria Cassandra com certeza notara, os garotos praticamente a engoliam com os olhos.
  O homem mandou que ela se sentasse na cadeira vaga na terceira fileira, ao lado de Calleb. Ele a encarou por um momento, então abriu seu caderno ao ver o professor retomando a aula normalmente. Era o meio do ano letivo, ele não imaginava como ela acompanharia, mas ela não parecia intimidada com isso. Cassandra parecia absolutamente segura.
  Alanis, sentada atrás de Calleb chamou a garota depois do professor se distrair com uma pergunta interessante de um dos alunos.
- Olá! Me chamo Alanis Chevalier, você é nova e não deve conhecer muita gente, então eu queria te chamar para a festa que vou dar esse sábado na minha casa. Gostaria de ir? – Perguntou Alanis animada, Cassandra a olhou com certo interesse. Alanis causava aquela reação nas pessoas, sendo efusiva como era. Ela costumava interagir com as pessoas que conhecia a pouco como se fossem amigos de eras, fato que deixava as pessoas mais a vontade perto dela.
- Não posso, infelizmente. Tenho um baile formal com amigos de minha família na mansão da falecida Katherine Ventorinni. – Disse Cassandra, ela não pareceu sentida de recusar. Contudo, Alanis pareceu entender assim.
- Que horror! Eu nem chego perto daquela mansão, dizem que aquela mulher era satânica. – Disse Alanis tremendo de maneira obviamente forçada, para parecer uma brincadeira, mas o olhar sério de Cassandra a fez parar.
- Katherine não era satânica, eu a conheci quando era pequena. Era uma mulher muito bonita e saudável, não tinha motivos para morrer, fiquei muito surpresa ao descobrir. – Disse ela pousando seus olhos claros e penetrantes em Calleb por um momento. – E mesmo que fosse, a casa não teria muito haver com isso.
- Bem, meus pêsames, esses bailes são muito chatos! – Alanis disse revirando os olhos – Eu já fui uma vez pra não querer nunca mais.
  Cassandra não pareceu querer manter um dialogo e começou a desenhar padrões de plantas trançadas uma nas outras, a habilidade e facilidade com o desenho fluiu naturalmente impressionou Calleb que observava o mais discretamente que podia. Alanis logo se distraiu com outra coisa.
- Namorada alegre a sua. – Cassandra comentou com um tom de ironia na voz. Calleb a encarou abertamente agora. Os brilhantes e profundos olhos azuis da garota permaneceram no padrão que continuava se espalhando fluidamente pelo caderno.
- Ela só é hiperativa. – Disse Calleb olhando para Alanis que falava com seu melhor amigo Ethan, este lhe dirigia um olhar de socorro. Calleb era amigo do rapaz a muito tempo, apesar dele não saber nada sobre seu mundo. Ele deu de ombros para o outro e lhe dirigiu um olhar de “ se vira”.
  Cassandra esboçou um leve sorriso, que deixou o rosto dela mais belo do que já era. Ele a observou por um momento e então finalmente a desconfiança bateu nele. A Herdeira. Ela tinha todos os detalhes aparentes dos monstros que formavam o clã das feiticeiras, a beleza indescritível, os olhos penetrantes e resplandecentes... O encanto que causavam em todos.
  Ele se concentrou o máximo que pode para poder abrir seu dom de percepção, tinha que saber se ela era mesmo, contudo quando ele viu a áurea dela parecia apenas a de uma humana normal. Ele relaxou, não era a herdeira.
  As aulas do dia transcorreram naturalmente, contudo no intervalo Jordan o puxou para uma sala vazia. O Caçador de olhos avermelhados parecia levemente incomodado. Paranoico.
- Acha que é ela? – Perguntou observando o corredor para ter certeza que ninguém passaria.
- Tenho certeza que não, mas acho que deveria saber, você tem a habilidade da percepção, Jordan. – Disse Calleb maldoso no final – Ou não confia mais na sua habilidade a ponto de depender da minha?
- Não provoque Calleb. E parece... Oculta a mim. É como se ela não existisse. – Disse Jordan inquieto, aquilo pareceu tê-lo perturbado.
- Para mim apenas pareceu uma humana comum, sabe que é impossível uma imortal esconder o que é de nós. – Calleb retrucou, se bem que os dons de Jordan eram muito mais desenvolvidos que os dele. Era mais chance de acerto apostar do de Jordan.
- Sei disso... Apenas achei estanho. – Disse Jordan e saiu repentinamente do local. Parecia muito inquieto. 


*** *** *** ***

  Cassandra parecia cada vez mais com uma garota comum aos olhos de Calleb. Ela agia como uma garota reservada e na semana que se passou ele a viu muito. Alanis parecia determinada a ser amiga da outra, quanto à morena apenas parecia achar muita graça no comportamento da loira.
- Acho que deveria deixa-la em paz um pouco, Nys. – Calleb falou tirando uma mecha do cabelo de Alanis do rosto dela. Eles estavam no quarto dela, passando mais uma tarde tranquila como faziam quase sempre. Eles nunca se encontravam na casa de Calleb, afinal, lá havia muitas coisas que diziam sobre a realidade dele que a menina nunca sonhara existir.
- Já olhou pra ela?! Já viu como ela se veste?! Ela grita por ajuda, amor! Viu como ela fala e anda? Parece que vive no século passado. Toda formal, aquelas roupas escuras e góticas... me dão arrepio! - Alanis era impossível as vezes.
  A garota tinha um senso de moda de uma típica filhinha de papai, o que ela de fato era. Ela era uma herdeira de uma fortuna. Calleb gostava muito dela apesar da futilidade, era uma garota inteligente, gentil, dedicada e uma ótima namorada. Não que ele a amasse, isso não, só que quando ela se declarou ele não teve como recusar, ela era delicada demais para ele correr o risco de quebra-la.
- É o jeito dela, Alanis. Cada um tem um jeito próprio, não pode obrigar os outros a seguirem o seu. – Disse Calleb o mais gentilmente que pode, ela se levantou da cama, que era onde estavam sentados e colocou as mãos no quadril.
- Posso sim! Quando a pessoa se arruma tão mal quanto ela e têm aqueles modos, eu posso! – Ela parecia horrorizada com o modo de Cassandra.
  Calleb riu e a puxou pro colo dele. Cassandra não se vestia mal, apenas tinha um estilo diferente. Sexy, sombria e sublime. Eram as três palavras que a descreviam melhor.
- Está me ouvindo, Calleb?! – Mau sinal, toda vez que Alanis o chamava pelo nome significava que ele a irritara – Eu estou te fazendo a mesma pergunta há três séculos. Você vai à minha festa amanha?
- Não posso assuntos de família. – Disse ele o mais rápido que pode.
  Era uma mentira, contudo Alanis não precisava se envolver naquilo. Ele iria ao mesmo baile que Cassandra. Ele e Jordan estavam trabalhando juntos nessa área, ele tentava tirar o máximo possível das feiticeiras enquanto ele ficava na sombra esperando. Querendo ou não, Calleb era o melhor em passar despercebido, Jordan era uma linha de frente forte e resistente, eles juntos eram muito bons. E Elena estaria lá também, seria a cobertura deles.
- Não acredito nisso! Você nunca me deixa conhecer sua família, só a selvagem da Elena! E ainda falta todas as minhas festas por assuntos de família. – Alanis ainda estava de pé na frente dele, agora de braços cruzados e uma expressão furiosa.
- Elena é como Cassandra, Alanis, tem seu jeito próprio. Tente respeitar. E você ainda não conhece minha família porque eles são muito conservadores. E você conhece o Jordan também. – Calleb retrucou a puxando de volta para o colo dele.
- Ele não vale... Não é um homem, é uma maquina viciada em sexo. – Disse Alanis rindo. Calleb revirou os olhos, não tinha culpa de o primo ser meio obsessivo com a área sexual. 



~*~*~*~






Continue lendo ►

I'm Back!

Heeeeeey, baby!
  Entonces, eu sei que nada justifica o meu sumiço, mas é que o meu blogger deu uma louca que eu não conseguia postar nada e nem visualizar as postagens e rascunhos, ou seja, não tinha mesmo como eu postar os pedidos. Mas, agora eu estou de volta! E sim, eu vou amar fazer os pedidos de vocês!
  Pra quem não lembra, aqui no Wonderful eu faço pedidos de:

*Trailer*
*Crítica de Fanfic*
*Betagem de Capítulo*
*Sinopse*

  
 Bem, é somente isso mesmo... Kisses <3 



 ~MENSAGEM PRA GABII~

Gabii, se você ver isto aqui, poderia entrar em contato comigo, please? Preciso resolver algumas coisas com você, okay?
Kisses <3




Continue lendo ►

BC - Between Light and Darkness - Em busca da princesa (Bianca Grace Potter Everdeen)

Oi querida, tudo bem?
Espero que goste :-)
Não esqueça de comentar.
Qualquer coisa me avise

Continue lendo ►

Design de Look : Mafiosa Malfoy ....

Oooi  Anjo .. 
Não sei se ficou do seu agrado , mais  tentei achar uma fantasia não muito sexy ... Acho que pela a cor , não da um ar tão sexy , apesar de ser um pouco ousada .. 
Bom voce já sabe , se não gostar é só refazer o pedido que eu irei fazer outro com o maior prazer .. 
Por favor comente , ficaria feliz com sua opinião ...





Continue lendo ►

DS: Faulty Angel (mushr00m)

(clique para ampliar)

Hey amor aqui tá seu ds,espero que tenha gostado,bom eu fiz duas,porque eu realmente não consegui me decidir em qual ficou melhor,mas tá ai,caso não tenha gostado é só refazer o pedido :) bjos


Continue lendo ►
Tecnologia do Blogger.